“A economia está indo por um bom caminho”, diz André Friedheim, novo presidente da ABF

Em entrevista a NOVAREJO, Friedheim avalia como positivo o cenário econômico para 2019, mas pede clareza do novo governo sobre as diretrizes para retomada do crescimento

O setor de franquias cresce todo ano acima do PIB e confirma esse desempenho em 2018, com crescimento de 5% contra cerca de 1,3% do PIB nacional, segundo a última projeção do Banco Central, em dezembro. Para 2019, o franchising prevê um crescimento ainda maior, entre 8 e 10%, contra 2,4% da economia brasileira.

Em entrevista exclusiva a NOVAREJO, André Friedheim, presidente eleito da Associação Brasileira de Franchsing, explica por que o setor de franquias tradicionalmente tem um ritmo de crescimento mais acelerado que a média dos demais setores. Fala também sobre as perspectivas do setor para este ano e sobre o que está por vir na economia com a eleição do presidente Jair Bolsonaro.

Consultor de redes de franquia há quase 30 anos, Friedheim chegou à presidência da ABF principalmente por seu trabalho como master franqueado das redes Café do Ponto e Casa Pilão, além da atuação junto à franquia das lojas NBA no Brasil. “Eu tenho os três chapéus, tenho uma formação grande como consultor, opero como franqueador e cabeça de rede e como franqueado. Sinto as dores de todas as partes envolvidas dentro do sistema de franchising”, ressalta.

Confira a entrevista: