As estratégias da Netshoes para dobrar os pedidos via dispositivos móveis

Por: Camila Mendonça 7.848 views

Companhia conseguiu elevar os pedidos em aplicativos e m-sites em 98,7% no segundo trimestre. Entenda como a empresa fez isso

cred: Shutterstock

A Netshoes conseguiu elevar os pedidos via dispositivos móveis em 98,7% no segundo trimestre, em relação ao mesmo período do ano passado. Ao todo, foram 1,5 milhão de pedidos feitos via aplicativos e m-sites da marca.

De acordo com a companhia, ao todo, foram 2,7 milhões de pedidos feitos por meio desses dispositivos no primeiro semestre. Em 2016, os primeiros seis meses registraram pouco mais da metade deste montante.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

“Hoje, os dispositivos móveis são uma extensão do corpo das pessoas e isso, naturalmente, é refletido numa mudança de comportamento de consumo. Temos feito uma série de investimentos na área para atender a alta demanda em todas as nossas operações e enriquecer essa experiência”, disse, em nota, Gabriela Platinetty, diretora de marketing da Netshoes para a América Latina.

Crescimento

Do total de pedidos feitos em todas as lojas da Netshoes (Netshoes Brasil, Argentina e México, Zattini e shoestock), a fatia representada pelos dispositivos móveis é de 42,9% no segundo trimestre de 2017 e de 41% no primeiro semestre, um crescimento sobre 2016 de 14,2 pontos percentuais e 13,2 pontos percentuais, respectivamente.

No período, as operações da Netshoes no Brasil e na América Latina, Zattini e Shoestock apresentaram uma média de 1,2 milhão de visitas mobile por dia, contra 1,1 milhão de acessos via dispositivos móveis em 2016.

No total, o número de downloads dos aplicativos da empresa no primeiro semestre de 2017 teve crescimento de 52% ante o mesmo período de 2016. Hoje, contabilizados todos os países da América Latina em que a Netshoes mantém operações (Brasil, Argentina e México), cerca de 2,7 milhões de usuários já buscaram pelos aplicativos das lojas do grupo.

O que ela faz?

Uma das estratégias da companhia para elevar esse número foi colocar a experiência desses dispositivos em primeiro plano. Com isso no centro da estratégia, a empresa realizou algumas ações que ajudaram a elevar o número.

Ter uma plataforma mobile responsiva é uma delas. A companhia atua assim desde 2011. Outra ação é o Navegue Grátis, projeto que desde 2015 permite que os clientes acessem os apps da Netshoes e Zattini sem consumir a franquia de dados contratada junto às principais operadoras.

Outro investimento que o Grupo faz para elevar esses números é simplesmente oferecer o que o consumidor busca. No e-commerce da Zattini, por exemplo, quando um cliente busca por “camisa feminina azul de manga curta”, o site apresenta todas as opções exatamente nestas características.

O Grupo Netshoes também atua na precisão das informações aos consumidores. Por isso, a companhia tem estúdios em todos os CDs próprios que funcionam todos os dias para registrar todos os produtos a fim de subir todas as informações do produto com as imagens corretas. A empresa investiu em uma máquina 360, que fotografa todos os produtos vendidos nas plataformas do Grupo, em todos os ângulos e ainda gera um vídeo do item.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.