70% dos brasileiros atrasaram dívidas em 2017

Por: Raphael Coraccini 3.814 views

A pesquisa do SPC e da CNDL aponta ainda quais mudanças de comportamento os endividados estão assumindo para reduzir suas dívidas

Crédito: Shutterstock

Sete em cada vez brasileiros deixaram de pagar ou pagaram com atraso alguma conta em 2017. Os compromissos que mais registraram casos de atrasos são, em primeiro lugar, a fatura do cartão de crédito, segundo 39% dos entrevistados, em seguida vem o plano de internet, com algum atraso em 28% dos gastos. Plano de celular e/ou telefone fixo vem na sequência, com 26%.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora! 

Os números são de uma pesquisa realizada em conjunto pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CDNL). A pesquisa mostra ainda que quase metade dos brasileiros, ou 47%, atrasaram o suficiente para terem seus nomes incluídos em algum serviço de proteção ao crédito.

Mudança de comportamento

Os números atualizados apontam para 39% da população brasileira adulta registrada como inadimplente no país. Entre os que tiveram seu nome sujo em 2017, 80% apontam ter mudado a maneira como organizam e operam suas finanças.

Controlar os gastos foi apontado por 49% dos entrevistados como a maneira que encontraram de melhorar sua saúde financeira. Os que pensaram melhor antes de comprar algo somam 39%. Tem ainda os que passaram a comprar só quando têm dinheiro para adquirir à vista, atitude tomada por 34%.

Com relação especificamente a cartão de crédito, a maior causa de endividamento, as principais atitudes foram evitar seu uso, em 28% dos casos, ou mesmo cancelar o serviço, em 17%.

Leia também:

Endividamento das famílias sobe em janeiro

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.