Brasileiros não pretendem utilizar 13º salário na Black Friday, diz pesquisa

Em entrevista exclusiva, especialista analisou a data e revelou as tendências de compra dos brasileiros para a semana de descontos

A Black Friday é uma das datas mais esperadas pelos brasileiros e mais importantes para o e-commerce.  Neste ano acontece em 29 de novembro – coincidentemente mesma data limite para pagamento do 13º salário.

Apesar de ser esperada por muitos, os consumidores este ano não pretendem investir o dinheiro extra nas compras promocionais. De acordo com uma pesquisa realizada pelo site Blackfriday.com.br,  com 1.297 usuários da plataforma, 74% dos brasileiros que vão receber o benefício afirmam que não vão usá-lo durante o evento.


“Os brasileiros costumam usar o 13º para quitar alguma dívida. Esta renda extra ajuda  indiretamente nas compras da Black Friday, visto que o consumidor tem mais liquidez; mas não diretamente, como esperado. Isso demonstra maior maturidade em relação ao consumo. Outro fato que demonstra isso são os produtos com maior procura no Black Friday, como smartphone e televisão. Eles são mais caros e o consumidor pode esperar para comprar, se planejando, e guardando dinheiro”

 Ricardo Bove, idealizador do Black Friday Brasil


Ainda segundo a pesquisa,  82% dos brasileiros costumam usar cartão de crédito como meio de pagamento na Black Friday, sendo que 69% parcelou suas compras em 2018, e cerca de 98% tem intenção de comprar algo para si este ano.


O que os brasileiros querem comprar ?

Analisando os produtos adquiridos em 2018 em relação aos que os consumidores pretendem comprar em 2019, é possível perceber um comportamento: grande parte aproveita a data para investir em novos aparelhos tecnológicos.

O primeiro item mais procurado este ano é o smartphone: 37% dos consumidores disseram que pretendem comprar um novo;

Competindo acirradamente estão os eletrodomésticos: 36% das pessoas estão querendo comprar itens novos para casa;

Em terceiro lugar estão as smartTv’s: 29% planeja investir nos aparelhos mais modernos.


“Historicamente são smartphones, televisores e eletrodomésticos. São produtos com um ticket médio maior, nos quais o desconto possui mais representatividade. Mas não são itens de necessidade imediata. Por isso o consumidor pode esperar um pouco mais para comprar”, afirma o especialista.

Quanto pretendem gastar?

70% pretende gastar mais de R$ 500

47% pretende gastar mais de R$ 1.000

 42% pretende gastar menos de R$ 200


Pesquisar antes ou aderir a oferta?

Embora geralmente as pessoas saibam o que pretendem comprar, às vezes um desconto muito alto pode influenciar na hora de adquirir algo novo.  Segundo os dados, 97% dos entrevistados disseram que em 2018 compraram os produtos que pesquisaram antes do evento,enquanto 51% comprou algo que não estava planejado.

Isso mostra que os brasileiros se preparam para o evento, mas muitos também acabam se rendendo às oportunidades da data. Eles acessam o site para ver as ofertas e se deparam com grandes descontos, isso faz com que queiram aproveitar. E eles não gastam pouco”, relata Bove.  

Como se trata de uma data onde os descontos são o assunto em pauta, 90% dos entrevistados relatam que o preço é  o principal fator que determina a compra, enquanto 61% afirmam que o segundo quesito mais importante é a confiança na loja. Já 45,1% dizem que se preocupam com o custo do frete, no caso de compras online.

“O mercado online brasileiro ainda está em consolidação, diferente dos EUA e Europa, por exemplo. Por ainda ser uma novidade para muitos, o brasileiro tende a ser desconfiado no que diz respeito ao meio digital. Por isso, é mais fiel e tende a comprar sempre na loja que já conhece e teve boa experiência”, analisa Bove. 


JÁ SEGUE A NO VAREJO NO INSTAGRAM?

 

Ver essa foto no Instagram

 

TODA SEXTA ATÉ A BLACK FRIDAY: Conteúdos especiais sobre o assunto 🤩 Em entrevista exclusiva, especialista analisou a data e revelou as tendências de compra dos brasileiros para a semana de descontos #blackfriday #compras #economia #fimdeano #lojas #varejo

Uma publicação compartilhada por NOVAREJO (@novarejo) em


LEIA MAIS 

4 dicas valiosas para ir além da Black Friday e fidelizar seus clientes

95% dos consumidores pretendem comprar na Black Friday, diz pesquisa

Google lança site para ajudar empresas na Black Friday