Startup inaugura cafeteria robótica em aeroporto norte-americano

Briggo Coffee desenvolveu quiosque autônomo capaz de preparar em minutos bebidas personalizadas. Cafeteria chega ao Aeroporto Internacional de São Francisco

cafeteria

Turistas e funcionários que passam pelo Aeroporto Internacional de São Francisco, no estado norte-americano da Califórnia, poderão ser atendidos por um barista robótico. Isso porque foi inaugurada no terminal uma cafeteria robótica, criada pela norte-americana Briggo Coffee.

Os clientes podem fazer pedidos antecipadamente, usando o aplicativo da Briggo, ou pessoalmente, usando totens. As bebidas são produzidas em poucos minutos, a uma taxa de produção de até 100 xícaras por hora, de acordo com a empresa. O quiosque automatizado tem seu próprio blend, o que garante uma experiência única.

No aplicativo da marca, os clientes podem criar sua bebida e salvar como copo favorito para uma experiência rápida. Os robôs fazem as bebidas personalizadas e notificam o consumidor quando seu copo está pronto. Há também um programa de fidelidade que dá acesso a promoções e brindes.

A Briggo Coffee integra a lista de empresas mais inovadoras do mundo feita pela Fast Company (CLIQUE e veja a lista). “Velocidade, qualidade e consistência são um prêmio quando falamos de serviços aeroportuários, o que torna a Briggo a experiência perfeita de café para um dos aeroportos mais bem cotados do mundo”, disse o CEO da Briggo, Kevin Nater.

Esta é a terceira cafeteria da Briggo em aeroportos.  O Coffee Haus, como foi chamado o quiosque, funciona 24 horas por dia, sete dias por semana. Além das unidades em aeroportos, a Briggo tem outras seis cafeterias espalhadas pelo Texas.

Saiu no Whow!
Como as empresas eliminam os atritos da jornada com o cliente?

cafeteria