Apenas 33% dos consumidores experimentaram novas tecnologias em lojas físicas

“Embora já tenham ouvido todo tipo de promessas relacionadas a tecnologia para varejo, os consumidores ainda esperam os varejistas entregarem aquilo que prometem”, disse a consultoria responsável pelo levantamento

tecnologias

Foto: Unsplash

O varejo físico passa por uma transformação sem precedentes. A experiência nas lojas é cada vez mais valorizada pelo consumidor e alvo de grandes investimentos das varejistas.

Agora, uma pesquisa da consultoria A.T. Kearney mostra que apenas um em cada três consumidores norte-americanos pesquisados já utilizaram tecnologias como realidade aumentada (AR), chekout móvel, telas interativas ou impressão 3D.

Embora poucos experimentaram essas tecnologias no ponto de venda, 75% já ouviram falar das novidades.

Apesar de a tecnologia ser tão comentada no meio varejista, 45% dos entrevistados dizem conhecer a AR, mas nunca a experimentaram em uma loja. O mesmo acontece com as outras tecnologias: 36% para o checkout sem caixa, 60% para impressão 3D e 30% para telas interativas.

Estas são experiências indispensáveis para o consumidor, que sinaliza aos varejistas que itens como os pesquisados terão cada vez mais influência nas visitas às lojas.

Entre o tamanho da influência da tecnologia na ida à loja no passado e o quanto as novas tecnologias atraem hoje os consumidores ao comércio há uma diferença de quase 50%.

Já para 49% a tecnologia teve influência determinante em compras em lojas físicas. O número sobe para 73% quando os consumidores são perguntados se concordam que a tecnologia vai determinar, daqui pra frente, as visitas às lojas.

“Embora já tenham ouvido todo tipo de promessas relacionadas a tecnologia para varejo, os consumidores ainda esperam os varejistas entregarem aquilo que prometem”, disse a A.T. Kearney em comunicado.

Tecnologia para quê?

O estudo mapeou as funções das novas tecnologias que os consumidores mais valorizam. Fica claro que tudo o que poupa tempo dos clientes é extremamente valorizado.

Tecnologias informativas e que permitem experimentar algo novo também são importantes para os consumidores. Customização e diminuição do contato com os funcionários das lojas também aparecem na lista.

Fonte: A.T. Kearney analysis


+ NOTÍCIAS

Experiência no varejo: como a inovação pode aprimorar o setor?
Tecnologia e inteligência para potencializar o negócio
GPA testa tecnologia que permite pagamento sem passar pelos caixas
Cinco tendências de tecnologia e inovação para todo varejista