Amazon será investigada em duas frentes por práticas anticompetitivas

Parceria com a Apple e tentativa de recrutar vendedores do eBay estão sob escrutínio. Concorrente protocolou ação contra a Amazon

amazon

Foto: Shutterstock

Nesta semana, duas notícias de supostas práticas anticompetitivas por parte da Amazon ganharam as manchetes nos portais norte-americanos. Um dos casos questiona o acordo entre a varejista e a Apple, celebrado no ano passado. No outro, o concorrente direto da empresa de Jeff Bezos, eBay, acusa a Amazon de assediar seus vendedores e tentar levá-los ao seu marketplace.

Amazon e Apple x FTC

No ano passado, Amazon e Apple fecharam um acordo para a venda direta de iPhones no marketplace da gigante varejista. Agora, o negócio está na mira da Comissão Federal de Comércio (FTC) dos Estados Unidos, informa o portal norte-americano The Verge.

O negócio foi fechado com o objetivo de diminuir o número de produtos falsificados vendidos na plataforma. No entanto, a parceria entre as empresas resultou, na prática, na expulsão de centenas de vendedores autorizados do marketplace. Esses sellers ofereciam produtos de baixo custo que a Apple já não vendia.

Advogados do FTC estão procurando alguns vendedores para entender o que aconteceu, de acordo com o portal. O FTC pode oferecer denúncia às empresas por violação de leis antitruste.

Amazon x eBay

Em outra frente, a Amazon deve enfrentar na justiça o eBay, que acusa a empresa de adotar práticas anticompetitivas. Segundo o jornal The New York Times o eBay acusa a companhia de Jeff Bezos de usar o sistema de mensagens privadas de seu marketplace para recrutar vendedores.

Já o eBay alega que gerentes da Amazon fizeram seus funcionários criarem contas na plataforma como supostos vendedores com o objetivo de entrar em contato com outros sellers para incentivá-los a vender na Amazon.

MAIS SOBRE A AMAZON
Amazon se torna a marca mais valiosa do mundo
Amazon e Alibaba podem disputar Correios se privatização se confirmar
Vendas do Amazon Day superam Black Friday no Brasil
O avanço gradual da Amazon no Brasil