Como usar o Instagram para impulsionar suas vendas

Rede social é um dos principais canais de tendências e comportamentos e produtos aspiracionais. Saber usar o Instagram é essencial para criar engajamento

Instagram

Foto Unplash

Nos último anos, as redes sociais se tornaram uma grande ferramenta de consumo. Instagram e Pinterest são um prato cheio para o conteúdo que cria desejo nos usuários. Não à toa, grande parte dos influenciadores está na plataforma conhecida pelos stories. Os jovens, em especial, gostam do Instagram para interagir com as empresas. Uma pesquisa feita pela Piper Jaffray mostrou que 70% dos adolescentes norte-americanos preferem a rede social pertencente ao Facebook para engajamento com marcas. Números do Instagram mostram que 80% dos usuários da plataforma seguem pelo menos uma empresa.

LEIA MAIS: Se você quer falar com adolescentes, o Instagram é o canal certo

Sabendo da oportunidade que representa para os varejistas, o Instagram fez investimentos em direção a este mercado. Em março, a rede social anunciou o Checkout, funcionalidade que permite que os consumidores comprem direto no aplicativo. Antes disso, o Shopping Instagram já estava em pleno funcionamento, tageando produtos em postagens e redirecionando o usuário ao e-commerce da marca.

Instagram

Crédito: Divulgação

Ter domínio das funcionalidades que podem impulsionar as vendas de pequenas ou grandes empresas se impõe como uma competência essencial. Thiago Moreira, head de parcerias de commerce para América Latina do Facebook, deu dicas de como encurtar a distância entre descoberta e conversão no Instagram durante o VTexDay. Confira:

1. Crie conteúdo

A exemplo da funcionalidade recém-lançada pelo Google, é possível tagear produtos nos posts do Instagram, tanto no feed quanto nos stories. Com a função multifotos o varejista pode etiquetar até 25 produtos. Para que isso seja eficiente, é preciso criar um conteúdo útil para o consumidor.

As varejistas de moda M. Gemi e Net-a-Porter dão exemplo de boas práticas na criação de conteúdo. A primeira, italiana, lança toda segunda-feira, a marca lança novos produtos, o que gera expectativa nos seguidores. Já a Net-a-Porter tem produtos que estão a venda apenas através do Instagram Shopping.

A produção de vídeos também é um caminho interessante para gerar interesse na marca. “A gente observou que o vídeo gera um comportamento positivo para as marcas que querem chamar atenção”, diz Moreira.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por RIXO (@rixo) em

2. Construa confiança

Criar uma relação mais próxima com os seguidores passa por dividir os valores da marca com eles. Para o novo consumidor, conhecer as bandeiras que a marca levanta é crucial e pode gerar alto nível de fidelidade. Mostrar quais são as causas que a empresa defende, como fez a Natura na campanha “A sua beleza começa no seu olhar” ajuda a engajar o consumidor.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Natura oficial (@naturabroficial) em

A sueca H&M mostra a seus seguidores que tem orgulho de trabalhar com peles falsas desde 1997, além de defender a comunidade LGBT:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por H&M (@hm) em

3. Seja um recurso

Ser útil para os seguidores é um grande passo para gerar engajamento. Gerar conteúdo que ajude e inspire os consumidores ajuda no desenvolvimento de um relacionamento que vai além do consumo. Em geral, as marcas de cosmético são um bom exemplo a seguir:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Milk Makeup (@milkmakeup) em