Ações da Via Varejo caem com Klein tentando controle da empresa

Michael Klein quer dissolver controle do GPA para se tornar novamente acionista majoritário da Via Varejo

ações

Michael Klein, herdeiro de Samuel Klein, fundador das Casas Bahia, tenta atrair investidores dispostos a injetar capital na Via Varejo por meio de fundos para tirar o controle da companhia das mãos do GPA. A informação foi publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo.

O Grupo Pão de Açúcar detém 36% da Via Varejo, dona das bandeiras Casas Bahia e Ponto Frio. A família Klein, que já foi a acionista majoritária do negócio, tem 25% das ações da companhia. A estratégia de Michael Klein é formar uma estrutura societária para atrair investidores e voltar a ter o controle do grupo.

LEIA MAIS: Família Klein e XP Investimentos podem assumir operação da Via Varejo

Com a notícia, as ações da Via Varejo chegaram a cair 5% na tarde desta quarta-feira (5). Os papeis da empresa fecharam o dia em queda de 4,32%. Se Klein conseguir pulverizar a participação do GPA, não vai precisar acionar o “tag along”, mecanismo que obriga estender a oferta de controle da empresa a acionistas minoritários.

Klein tenta evitar que uma outra empresa assuma o controle da Via Varejo, já que o GPA está disposto a vender sua participação na empresa. Há pelo menos um ano, a Via Varejo é alvo de especulações. Até mesmo a Amazon já foi cogitada como uma compradora. A Via Varejo seria a porta de entrada da gigante americana no Brasil.