Natura compra Avon e se torna a quarta maior do mundo

A empresa brasileira do setor de beleza Natura enfim consumou a compra da americana Avon, que vinha apresentando desvalorização acelerada. Saiba mais

Crédito: Divulgação

Depois de meses de negociação, a Natura, enfim, comprou a Avon. A empresa brasileira adquiriu a americana por valor não revelado. Com a consumação da transação, a Natura &Co será detida aproximadamente 76% pelos acionistas da Natura no momento imediatamente anterior ao fechamento, e aproximadamente 24% pelos acionistas da Avon no momento imediatamente anterior ao fechamento.

Com a consumação da Transação, a Natura &Co se tornará o quarto maior grupo exclusivo de beleza do setor no mundo ao unir empresas de forte compromisso com a geração de impacto social positivo e o empoderamento das mulheres. No auge, a Avon já bateu 20 bilhões de dólares em valor de mercado. Hoje, vale cerca de 1,3 bilhão de dólares. A operação da Avon nos Estados Unidos, que havia sido separada do grupo em 2015, continua sob controle do fundo e investimento Cerberus.

Juntas, as empresas ocuparão posição de liderança na venda por relações, por meio das mais de 6,3 milhões de Representantes e Consultoras da Avon e da Natura, presença geográfica global, com mais de 3,2 mil lojas, além de uma crescente força digital. Com a Avon, a Natura &Co terá faturamento anual superior a US$ 10 bilhões1 , mais de 40 mil colaboradores e presença em cem países.

Natura &Co espera que a combinação desses negócios resulte em sinergias estimadas entre US$ 150 milhões e US$ 250 milhões anuais, “algumas das quais serão reinvestidas para aumentar ainda mais sua presença nos canais digitais e mídias sociais, em pesquisa e desenvolvimento, iniciativas de marca e expansão da presença geográfica do grupo”, aponta comunicado da empresa aos investidores, publicado no ato da formalização da compra.