Mesmo na crise, paulistas aumentam em 35% gastos no salão de beleza

Levantamento da Avec aponta para crescimento do tíquete médio dos salões do Estado de São Paulo. Mais de 3500 salões foram avaliados

Um levantamento da plataforma Avec mostra que o paulista está gastando mais com produtos de beleza. A pesquisa aponta que, em cada visita ao salão, o gasto médio foi de R$ 131,52 de setembro de 2018 a fevereiro de 2019, um aumento de 35%, na comparação com os seis meses anteriores. A frequência de idas ao salão é de oito vezes por semestre. A Avec analisou dados de mais de 3.500 salões do estado de São Paulo.

O Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking mundial em consumo de cosméticos, atrás apenas do Japão e do Estados Unidos. Com o setor de beleza aquecido, a Avec tem mantido um ritmo de crescimento de 300% ao ano e considera expandir sua operação para quatro países até 2020, Colômbia, México, Portugal e Espanha. O faturamento da empresa previsto para 2019 é de R$ 35 milhões. Fundada em 2013, a fintech já recebeu investimentos de mais R$ 18,5 milhões e conta com 10 sócios.

Forma de pagamento

Em relação a forma de pagamento, o cartão de crédito foi a opção da maioria, 38%, modalidade que se mantém como preferência. Em seguida, 37% escolhem o cartão de débito. O dinheiro continua escolhido por 23% dos clientes, enquanto o cheque é a opção de menos de 1%.