7 Tecnologias que protegem a sua carga até a casa do consumidor

Com o aumento das vendas pela internet, aumenta também o extravio de produtos na logística. Saiba como as transportadoras estão protegendo a sua entrega

Crédito: Pexels

Com o aumento das vendas online no Brasil, que registraram alta de 23% no primeiro trimestre de 2019, segundo a Compre&Confie, cresce também a preocupação de varejistas e transportadoras em proteger a carga que é destinada ao consumidor final.

No e-commerce estão concentradas as vendas, principalmente, de produtos de maior valor agregado, como eletroeletrônicos, o que aumenta a necessidade de proteção dos produtos transportados.

Confira 16 maneiras que as transportadoras usam para proteger a sua encomenda. A lista foi organizada pela Jamef, empresa especializada em transporte de cargas.

  1. Sensor de fadiga

Os acidentes de trânsito são um ponto nevrálgico do extravio de cargas e, mais do que isso, um alto índice de mortes pelo Brasil todo. O segmento de transportadoras tem apostado em sensores de imagem para identificar o comportamento do motorista, em especial, sua condição física. O sensor de fadiga instalado pela Jamef, por exemplo, emite alertar ao motorista se a piscada demorar mais de três segundos, o que significa profundo estado de sonolência.

  1. Telemetria

A telemetria tem sido usada com a expansão dos sistemas de captação e gerenciamento de dados. Com isso, a transportadora consegue identificar todo o caminho traçado pelo veículo. Diferentemente do GPS, essa tecnologia é capaz de medir desgastes relacionados à inclinação do terreno, por exemplo, contribuindo para a redução de falhas mecânicas durante a viagem.

  1. Rastreadores via satélite

O bom e velho GPS continua útil para mensurar distâncias e trajetos realizados pelos motoristas e fornecem informações em tempo real para a central sobre qualquer eventual desvio de rota.

  1. Sensores de abertura das portas de cabine

Novas tecnologias permitem às centrais de controle das transportadoras travarem o acesso às cabines do motorista por dispositivo remoto. Para sair ou entrar no caminhão, o motorista precisa acionar a central e explicar o motivo.

  1. Sensores de abertura das portas do baú

A abertura do baú do caminhão também é controlada à distância. Na Jamef, os carregadores têm três minutos para fazer a descarga e fechar as portas. Caso esse tempo seja excedido, a central é notificada.

  1. Teclado para mensagens

Os caminhões também recebem equipamentos capaz de mandar mensagens por texto, o que pode ajudar o motorista a alertar a central em casos de abordagem de roubo sem que ele coloque em risco a própria vida se sujeitando a avisar alguém pelo celular.

  1. Sensor de deslocamento

Há um controle até mesmo sobre os menores movimentos realizados pelo caminhão quando ele está estacionado. Ferramentas permitem à central identificar eventuais problemas nos freios com deslocamentos de apenas alguns centímetros e que, se ignorados, podem acabar em acidente grave.