Magazine Luiza e B2W avaliam comprar a Netshoes

Empresas confirmaram que estudam a possibilidade de adquirir a varejista de artigos esportivos, mas deixaram claro que ainda não fizeram propostas

foto: Divulgação

A Magazine Luiza e a B2W, que controla a Lojas Americanas e Submarino, estão interessadas na compra da Netshoes.  De acordo com o Jornal Valor Econômico, as duas empresas confirmaram que avaliam uma operação envolvendo a aquisição da loja virtual, mas  ambas deixaram claro que ainda não formalizaram uma proposta. Ainda de acordo com o Valor, o Mercado Livre também estaria interessado na Netshoes, mas a companhia ainda não se manifestou sobre o assunto.

“Não há contudo, até o presente momento, qualquer contrato, acordo ou oferta vinculante acerca de uma eventual transação, assim como não há qualquer garantia sobre a efetivação de qualquer negócio entre as partes”, disse a Magazine Luiza.

A B2W disse ao jornal que está sendo assessorada pelo BTG Pactual e reforçou que, até o momento, não há qualquer decisão sobre a aquisição de ações ou de qualquer documento vinculante.

Entre 2014 e 2018 a Netshoes teve prejuízo líquido de R$ 300 milhões. Em sua estreia na bolsa de Nova York, a ação da varejista de artigos esportivos valia US$ 14,50 e já chegou a um pico de US$ 24,50. Nesta quinta-feira (11), os papeis da Netshoes operaram em alta e foram negociados a US$ 2,35.

Atualmente, a empresa de e-commerce vale US$ 68 milhões. A Netshoes contratou o banco Goldman Sachs no ano passado para buscar um novo sócio ou comprador.

A compra da Netshoes representa uma novidade tanto para a B2W como para a Magazine Luiza. A B2w não compra uma empresa de e-commerce desde a fusão entre Lojas Americanas e Submarino. Já a maior varejista do Brasil entraria no varejo de moda.