Como a Nike faturou US$ 22 milhões com o título de Tiger Woods

As roupas que Woods usou contam uma história de superação e fidelidade, já o taco usado pelo atleta pode mostrar o arrependimento de uma empresa

Crédito: Shutterstock

No último domingo (14), Tiger Woods venceu um dos quatro principais torneios do golfe, o Masters de Augusta, nos Estados Unidos. O atleta de 43 anos não vencia uma grande competição desde 2008. Neste período, o golfista passou por problemas pessoais e perdeu patrocínios depois da queda no ranking e polêmicas envolvendo seu casamento.

A vitória de Woods foi comemorada por seu principal patrocinador, a Nike. Segundo a consultoria Apex Marketing, a varejista de artigos esportivos faturou US$ 22,540 milhões com a exposição de Woods durante a rodada final do torneio e a venda de itens da marca Tiger Woods. Alguns artigos estavam esgotados. O logo da marca foi exposto no chapéu, camisa, calças e sapatos do golfista.

Depois de Woods ser anunciado como campeão, a Nike publicou um vídeo sobre sua história: “é louco pensar que um homem de 43 anos, que já experimentou todos os altos e todos os baixos, e agora conquistou seu 15° Major, está perseguindo o mesmo sonho de quando tinha três anos”.

A Nike apostou em Tiger Woods desde seu primeiro dia como profissional. No ano de estreia do golfista, 1996, a Nike já era sua patrocinadora. Quando as polêmicas vieram, a marca ficou com Woods. Em 2009 o atleta era alvo dos tabloides, que falavam de sua infidelidade conjugal. Outros patrocinadores o abandonaram diante das polêmicas. A Nike, porém, manteve seu contrato com o golfista. Na época, o presidente da empresa disse: “ele tem problemas com os quais precisa lidar. Estamos ansiosos para ele voltar a jogar”.

Já a Adidas…

Por outro lado, a Adidas, principal concorrente da Nike, pode ter se arrependido da venda de uma fabricante de tacos de golfe. Em 2016, a marca colocou a TaylorMade à venda e em 2017 achou um comprador, a KPS Capital Partners. Meses depois, a fabricante firmou parceria com Tiger Woods.

No dia em que conquistou seu 15° grande título, Woods usava um taco fabricado pela TaylorMade. Na pré-venda, a réplica do equipamento usado pelo golfista está sendo vendida a US$ 2.000, 40% a mais que o valor de um taco comum.

A Adidas vendeu a TaylorMade por US$ 425 milhões, valor bem abaixo dos US$ 1,4 bilhão que pagou pela companhia em 1997. A varejista viu um mercado desaquecido depois do declínio de Woods, que agora volta ao topo e desperta o interesse de milhões de pessoas.