Mastercard e Microsoft se unem em inovação para identidade digital

Inovação digital pode melhorar capital de giro em empresas e, pelo lado do consumidor, tornar sua jornada digital descomplicada

Seja para ver um e-mail ou realizar uma compra, é necessário – por diferentes métodos -, comprovar a autenticidade de quem está do outro lado da tela. Embora existam muitas ferramentas disponíveis para acompanhar a segurança do usuário, esse tema ainda é muito difuso na agenda de quem está preocupado em proteger seus dados. Num oásis de senhas a decorar, o consumidor se vê diante de ferramentas complexas para administrar suas contas digitais.

Diante do desafio de criar uma solução inovadora a essa questão, Mastercard e Microsoft firmaram parceria para desenvolver uma plataforma segura e instantânea para verificar a identidade digital de seus clientes onde e como quiserem. As companhias pretendem criar um sistema digital que permita os consumidores  ingressarem e controlarem seus dados por meio de dispositivos que utilizam todos os dias.

“Votar, conduzir, se candidatar a uma vaga de emprego, alugar uma casa, casar e entrar em um avião: o que é que todas estas coisas têm em comum? Precisas provar a tua identidade. Em parceria com a Microsoft, estamos a trabalhar para criar uma identidade digital universalmente reconhecida” anunciou a Mastercard em sua conta no Twitter.

Benefícios na jornada

A implementação de uma identidade digital mais universal traria benefícios sem medida à jornada digital do consumidor que se relaciona com empresas constantemente. Áreas fundamentais na rotina, como serviços financeiros, comércio, serviços governamentais e serviços digitais poderão otimizar muitos processos com seus clientes.

“A identidade digital é a pedra fundamental sobre a qual as pessoas vivem, trabalham e se divertem todos os dias”, afirma Joy Chik, Vice-Presidente corporativo de Identidade da Microsoft. “Acreditamos que as pessoas devem ter o controle sobre sua identidade e dados digitais, e estamos extremamente animados em trabalhar primeiro com a Mastercard para trazer à prática inovações na área de identidade descentralizada”, acrescenta.

Presidente da Mastercard para o Brasil e o Cone Sul, João Pedro Paro Neto explica que a tecnologia de pagamento permitirá o uso do reconhecimento da iris ou da face do consumidor para concluir uma operação. “Você decidiu baixar um jogo para o celular. No meio dele, aparece uma opção de compra para seguir ou realizar um upgrade, não será mais preciso pegar o seu cartão para isso, o reconhecimento de face ou da iris confirmará esse pagamento.”

O executivo conta que a tecnologia, hoje em fase de testes, será um ferramenta para transações em plataformas como o Instagram, por exemplo. “A ideia é colocá-la à disposição em todos os meios disponíveis. Nosso desafio é oferecer um modelo com 100% de segurança na autenticação. Acredito que isso é totalmente viável e logo essa modalidade de pagamento será uma realidade.”