Magazine Luiza compra startup mineira e amplia negócios no mercado digital

Com aquisição, empresa buscará atrair grupos interessados em atuar com e-commerce. Braço digital contará com 700 funcionários em quatro cidades do País

Rede adquiriu três startups entre 2017 e 2018/Crédito:divulgação

O Magazine Luiza decidiu ampliar a participação no segmento de soluções digitais para varejistas. A rede anunciou hoje a compra da startup de desenvolvimento de tecnologia Softbox. Fundada há 13 anos em Uberlândia, Minas Gerais, a empresa é especializada em soluções para redes que buscam oferecer seus produtos direto para o consumidor final. O valor da operação não foi revelado.

Atualmente, a Softbox conta com 256 funcionários, sendo 180 desenvolvedores de ferramentas para varejo e indústria. Entre os 80 clientes da startup estão Unilever, Coca-Cola, Red Bull e Basf. “Hoje, a maioria das empresas brasileiras está excluída do mundo digital, sem acesso a nenhum marketplace”, diz Frederico Trajano, CEO do Magazine Luiza.

Com a operação, a rede chega a três startups adquiridas em pouco mais de um ano. Em 2017, o alvo foi a Integra, especializada na integração de e-commerces a marketplaces. Neste ano, o Magalu incorporou a Logbee, especializada em logística.

De acordo com executivos da empresa, ela irá participar, a partir de agora, de todas as etapas das vendas on-line: da chegada ao mundo do varejo digital, passando pela integração ao marketplace, e chegando ao processo de entrega – esta última etapa ficará com o Magalu Entregas. Com esse quadro, a rede passa a oferecer o chamado full commerce. “Nosso propósito, como plataforma, é digitalizar o varejo e a indústria de bens de consumo e, dessa forma, contribuir para a digitalização do País”, diz Trajano.

Com a incorporação, a estrutura da Softbox será integrada a da Luizalabs, laboratório de inovação da rede. A iniciativa resultará em um corpo de 700 desenvolvedores e especialistas em produtos em quatro cidades: São Paulo, Franca, Uberlândia e São Carlos.

Leia mais: Black Friday tem o mesmo volume de 15 dias de vendas no Magazine Luiza