Instagram vira o jogo ao tomar vendas e receita do Facebook

Um levantamento da Nuvem Shop dentro da sua plataforma de e-commerce apontou que o Instagram tomou o lugar do Facebook como principal ponto de venda nas redes sociais. Confira

Crédito: Shutterstock

Um estudo realizado pela plataforma de e-commerce Nuvem Shop aponta que as vendas pelo Instagram cresceram 43% no último trimestre, enquanto as vendas pelo Facebook caíram 44%. Os números apontam uma mudança brusca de relevância das redes sociais. Quase 70% das vendas originadas pelas redes sociais foram realizadas via Instagram, enquanto 27% ocorreram por meio do Facebook.

No ano passado, a relação era contrária. No mesmo período de 2017, o Facebook era responsável por quase 71% das transações, enquanto o Instagram tinha modestos 26,5%. O estudo considerou todas as compras viabilizadas por canais digitais como Facebook, Instagram, Youtube e Pinterest.

Em relação à receita, a participação do Instagram também disparou. Em 2017, a receita de vendas gerada a partir do Facebook via mobile representava 62,8% do total, hoje, o número caiu para 25,1%, enquanto o Instagram cresceu de 37% para 72,8% da receita provinda das redes sociais.

Os dados se referem exclusivamente à base de quase 10 mil marcas ativas na plataforma de serviços de e-commerce da Nuvem Shop no Brasil e não representam os números globais do Facebook e do Instagram.

Tendência de alta

Alejandro Vazquez, co-fundador da Nuvem Shop, destaca que a compra por meio desses canais é uma forte tendência principalmente por conta da tendência de migração dos consumidores dos computadores para os dispositivos móveis. “A venda por meio desses canais só tende a crescer e é uma estratégia utilizada por muitos lojistas, já que, através de anúncios realizados tanto pelo Instagram, quanto pelo Facebook, é possível direcionar conteúdos e, principalmente, entender e atingir os interesses dessas pessoas”, explica.

O levantamento aponta ainda que 24% das transações são realizadas através das redes sociais. Desse total, 17% são convertidos em receita. Em comparação ao mesmo período de 2017, houve um crescimento de quase 4% das transações por meio das redes sociais, segundo a Nuvem Shop.

Smartphones

As vendas por meio de dispositivos móveis representam 91,4% do total de vendas das redes sociais, enquanto o desktop corresponde a 8,6%. A mudança foi brusca desde o fim de 2017 até aqui. As transações via desktop representavam 79,8% e o mobile ocupava 20,2%.