Vendas na Black Friday crescem 5 vezes na comparação mensal, aponta pesquisa

O movimento em relação à média de outubro nos sites de compras cresceu três vezes durante a Black Friday. Setor de viagens foi destaque

cred: Shutterstock

A Black Friday, especificamente a sexta-feira (23) do evento (que ano após ano tem se prolongado por toda e semana e até pelo mês de novembro), registrou tráfego de consumidores no e-commerce três vezes maior que a média do mês de outubro. O aumento nas vendas foi ainda mais vigoroso: 5,4 vezes maior que no mês anteriores. Os dados são da Criteo.

A noite da quinta-feira que antecedeu o evento registrou aumento de quatro vezes no tráfego de desktops e de 4,5 vezes no de smartphones na comparação com a quinta-feira anterior.

Cada vez mais, o evento tem se alastrado ao longo do mês, em especial na semana que o antecede e no fim de semana seguinte. “Em comparação aos anos anteriores, quando quase a totalidade das compras foram realizadas durante a Black Friday, nesta edição observamos um grande movimento também nos dias anteriores e posteriores, principalmente em compras fechadas através de dispositivos móveis”, avalia Alessander Firmino, diretor geral da Criteo para o Brasil e América Latina.

Varejo dispara

As categorias que mais cresceram no dia seguinte a Black Friday foram Varejo (aumento de 113%), Serviços Financeiros (72%), Telecomunicações (36,71%), Automotivo (36,32%) e Viagens (30%). Os produtos que registraram maiores vendas foram smartphones, calçados e televisores, mas a categoria que mais cresceu foi viagens, com 35%.