Mercado Livre premia case brasileiro na etapa regional de ‘Histórias que Inspiram’

Empreendedores de sete países da América Latina participaram da premiação que reconhece casos inspiradores desenvolvidas através do comércio eletrônico

Linhas de crédito seguem pontuação criada pelo marketplace/ Crédito: Divulgação

O mineiro Raul Tavares de Prado, de Guaipava, vilarejo próximo a Alfenas (MG), foi vencedor da final regional do Histórias que Inspiram, premiação organizada pelo Mercado Livre em parceria com a Endeavor. Filho de um agricultor e de uma dona de casa, Raul empreendeu desde muito cedo e, há 10 anos, encontrou no Mercado Livre uma oportunidade de negócio lucrativa e cheia de propósito: a venda de antenas de telefonia para conectar populações rurais. Além do brasileiro, o argentino Valentino Romano também foi premiado, em decisão atípica que elegeu dois vencedores na mesma edição. Ambos receberão US$ 15 mil, além de mentoria com especialistas da Endeavor para expandir o negócio.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

Outros cinco representantes (Chile, Colômbia, México, Uruguai e Venezuela) participaram da competição, e contaram suas histórias em Buenos Aires para os jurados. A especialista em sustentabilidade do Mercado Livre, Laura Motta, comenta a importância da premiação: “O Prêmio Histórias que Inspiram visa reconhecer empreendedores que tiveram a oportunidade de mudar suas vidas e alavancar seus negócios a partir do nosso marketplace. É gratificante conhecer e reconhecer essas histórias, tangibilizando o impacto do Mercado Livre na geração de renda e na democratização do comércio eletrônico”, diz.

Confira as histórias dos vencedores:

Raul Tavares – (Brasil) – Vencedor

Lojas Mineiras
Ramo: Telefonia e internet
Do vilarejo de 400 pessoas em Guaipava, próximo a Alfenas, em Minas Gerais, até a criação das Lojas Mineiras em 2008, que hoje registra 3.000 clientes por mês. O empreendedor Raul Tavares enxergou uma necessidade quando ainda morava em Guaipava, que não tinha sinal de internet ou celular. Ao comprar uma antena rural, facilitou a sua vida e resolveu facilitar a de outras pessoas da região e, aos 16 anos, começou a vender o produto pelo Mercado Livre. Aos 17, Raul se mudou para São Paulo para cursar a faculdade, trouxe o negócio para a capital paulistana, conquistou mais clientes e direcionou o negócio para venda de produtos de telefonia. Hoje, o empreendedor conta com mais de 20 colaboradores.

Vitor Romano – (Argentina) – Vencedor

Ramo: Móveis e materiais de construção
Vitor é dono da Romano Maderera, especializada na fabricação de móveis e materiais de construção feitos de madeira. O negócio tem um histórico familiar forte, com fundação em 1952 pelo avô de Vitor. Anos depois, o pai do empreendedor começou a gerir o negócio e, no ano passado, quando Vitor tinha apenas 19 anos, seu pai faleceu. O jovem empreendedor assumiu o negócio e, como uma das primeiras ações, decidiu aumentar as vendas da loja pela internet. A estratégia deu certo e, em apenas 4 meses, a Maderera triplicou seu faturamento online.