Feira Preta Online ganha destaque no Mercado Livre

Para destacar a novidade ao consumidor, o Mercado Livre terá, entre os dias 22 e 28 de outubro, uma sessão especial no site dedicada ao tema

Um mês antes da Feira Preta 2018, o maior evento de empreendedorismo e cultura negra da América Latina, o Mercado Livre promoverá a venda dos produtos da Feira em sua plataforma. A ação visa aumentar a visibilidade dos afroempreendedores na plataforma e reunirá 150 produtos de marcas como Boutique de Krioula, Candaces, 16 Toneladas e Nó da Nega. A iniciativa é realizada em parceria com o Instituto Feira Preta, responsável por mapear e acelerar o afroempreendedorismo no Brasil. Para destacar a novidade ao consumidor, o Mercado Livre terá, entre os dias 22 e 28 de outubro, uma seção especial no site dedicada ao tema.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

“Pesquisas indicam que os negócios digitalizados lucram até 20% mais que os negócios não digitalizados. A parceria com o Mercado Livre ofereceu aos empreendedores negros que participaram do Afrolab em São Paulo, programa da Feira para capacitação técnica e criativa de empreendedores, a oportunidade de se apropriarem de ferramentas para estarem inseridos no ambiente online vendendo seus produtos de forma competitiva. Destacar produtos feitos por pessoas negras é também reconhecer a potência criativa desta população, que hoje representa mais da metade dos brasileiros. Estamos muito animados com este projeto”, afirma Adriana Barbosa, Fundadora do Instituto Feira Preta que, desde setembro deste ano, recebe apoio do Mercado Livre como Fellow Ashoka.