Google cria programa de aceleração para startups no Brasil

A companhia de tecnologia lançou programa de aceleração no Brasil para ajudar as startups a desenvolver seus produtos e superar desafios tecnológicos

Companhia de tecnologia cria programa de aceleração para startups no Brasil

O Google comunicou que está iniciando um programa de aceleração no Brasil. A aceleradora começou suas atividades hoje (05). Chamado de Launchpad Accelerator São Paulo, o programa tem a missão de ajudar startups a criar produtos e tecnologias.

A sede do programa é no Campus São Paulo, espaço da companhia para startups. “O ecossistema brasileiro de startups vive um momento único, com muitas histórias de sucesso que se tornaram inspiração para outros fundadores e exemplo para atrair novos investimentos”, disse, em nota, Rodrigo Carraresi, gerente de programas do Google Developers.

“Para manter esse ciclo virtuoso, é fundamental continuar a investir em programas de apoio para os empreendedores que estão em busca da próxima grande inovação”, disse.

O Brasil é o terceiro lugar no mundo a receber o programa de aceleração, depois de Israel (Tel Aviv) e Nigéria (Lagos).

A companhia afirmou que espera ter 35 startups nos próximos dois anos. As inscrições para a primeira turma estão abertas neste formulário até 23 de abril. As startups selecionadas começarão a trabalhar com o Google no dia 14 de maio.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

Impulso

O programa tem o intuito de ajudar as startups a desenvolver seus produtos e superar desafios tecnológicos, principalmente, em Inteligência Artificial, Machine Learning, Android, Google Cloud Platform e soluções web (Progressive Web Apps, Accelerated Mobile Pages, entre outras).

O programa tem duração de três meses e oferece suporte técnico para ajudar no desenvolvimento de um projeto específico, definido no começo do programa, por meio de mentoria com especialistas do Google e do mercado, além de acesso antecipado a novas tecnologias da empresa.

As startups também receberão entre 20 mil e 100 mil dólares créditos de produtos Google e suporte dedicado.

Para quem interessa?

De acordo com o Google, o programa é especialmente valioso para startups que tenham o seguinte perfil:

  1. Já tenham um modelo de negócio validado e estão trabalhando no ajuste e tração de produto-mercado;
  2. Startups que tenham interesse em oportunidades de desenvolvimento de seus produtos com as seguintes tecnologias: Inteligência Artificial, Machine Learning, Android, Google Cloud Platform, Web (Progressive Web Apps e Accelerated Mobile Pages);
  3. E startups que possuam a disponibilidade de um líder ou time de tecnologia/produto para participar das atividades durante a duração do programa.

 

Leia também
Startup brasileira recebe R$ 100 mi de empresa que apostou no Nubank