Decora, startup brasileira focada no varejo, é vendida por US$ 100 milhões

Startup brasileira de realidade aumentada e virtual, a Decora foi vendida para uma empresa americana de mídia por US$ 100 milhões

Crédito: Shutterstock

A Decora, startup brasileira que desenvolve tecnologias de realidade aumentada, 3-D, ambiente 360 graus e realidade virtual, foi vendida à americana CreativeDrive por 100 milhões de dólares. Fundada em 2012, a startup cria cenários e imagens digitalizadas de produtos que alimentam e-commerces e marketplaces do varejo de móveis, como a loja virtual da Mobly.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

A CriativeDrive é sediada em Nova York e desenvolve serviços de mídia para setores variados do varejo, de soluções em tecnologia até direção artística para peças publicitárias. Além de operar nos Estados Unidos, a CreativeDrive atua nos mercados asiático e europeu, na África do Sul e na Austrália.

Produção em larga escala de produtos digitais

Segundo o portal CNBC, o poderio tecnológico da Decora, a qualidade da sua produção, a capacidade de operar em escala e a eficiência de custos em suas operações chamaram a atenção da empresa americana. Em 2017, a Decora aumentou seu volume de produção de ativos em mais de mil por cento. Neste mês, a empresa de tecnologia atingiu a capacidade de produção de 15 mil imagens e mais de 7 mil cenas por mês.

Leia também: 

As estratégias de Macy’s e Target para lidar com a Transformação Digital