Qual o seu perfil de empreendedor? Faça o teste e descubra

Teste da Serasa ajuda você a descobrir qual seu perfil de empreendedor. Ideia é otimizar acesso dos empreendedores às informações de acordo com o perfil

Você tem perfil de empreendedor? Quer saber qual é? A Serasa lançou a plataforma Serasa Empreendedor com teste para ajudar você a descobrir qual é o perfil que ele se encaixa. Se é malabarista, realizador, autônomo ou arrojado. Os perfis foram separados conforme as características mais comuns nos empreendedores do País.

A ideia da nova plataforma é oferecer materiais indicados para cada perfil de empreendedor para atender de maneira mais assertiva suas necessidades.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

O teste reúne questões de quatro pilares da administração de empresas, que são gestão financeira, organização, estratégia e comportamento. O desempenho do empreendedor nessas questões vai apontar qual seu perfil dentre os quatro pré-estabelecidos.

Conheça cada um dos perfis de empreendedor:

Malabarista

Também conhecido como empreendedor acidental. Esse perfil abrange as pessoas que não planejaram o empreendedorismo, mas podem ter sido levadas a esse caminho por habilidade, hobby ou pela missão de ter que assumir negócios da família ou de qualquer outra pessoa.

Esses empreendedores são, via de regra, mais conservadores e, portanto, não assumem muitos riscos. Receosos em relação ao uso da tecnologia e otimistas ao enfrentar dificuldades. Zelam pelo equilíbrio das contas.

Esse perfil é o mais comum no país e caracteriza 37% do total de empreendedores. Tem a maior concentração de mulheres entre todos os perfis e o tempo de vida das empresas dos empreendedores malabaristas é de 11 anos, na média.

Empreendedorismo feminino: quem são as mulheres que empreendem no Brasil

Realizador

É a categoria de empreendedor que apresenta a maior faixa de escolaridade, com 71% tendo completado o ensino superior. São caracterizados por pesquisarem bastante a área de atuação antes de entrar no negócio. São cautelosos, mas não deixam de investir para fazer a empresa crescer. São mais motivados quando o assunto é inovar em seus negócios e topam assumir algum tipo de risco.

Esse perfil de empreendedor, também chamado de empreendedor graduado, responde por 25% do total.

Autônomo

Chamada também de empreendedor só no papel, essa categoria representa 23% do total de empreendedores.

O autônomo corre pouquíssimo risco e não se vê como um empreendedor. É estritamente dado a formalidades e não encara o investimento no negócio como prioridade. Seu objetivo principal é manter os clientes e a renda que já possui, sem tentar saltos maiores.

Quando carece de empréstimos, recorre apenas aos grandes bancos com os quais já têm alguma relação.

Arrojado

É o chamado empreendedor nato. Apesar de ser o que melhor explica o termo empreendedor, esse tipo representa apenas 15% do total. Nesta categoria estão os profissionais que sempre tiveram problemas para se manter sob ordens estabelecidas por terceiros e de se enquadrar a parâmetros de comportamento e qualidade que não são próprios deles. Sempre quiseram ter seu próprio negócio.

Esses são os mais arrojados e não têm nenhum problema em assumir riscos e investir na empresa. Costumam traçar estratégias e ter foco em seus objetivos. Também se caracterizam por saber separar vida pessoal e vida profissional, inclusive na hora de separar as contas. O sucesso financeiro costuma ser o norte e sempre possuem um plano B.

O teste já está disponível na plataforma Serasa Empreendedor.

Leia também:

Conheça os novos negócios que estão mudando a cara o varejo nos EUA