8 Estratégias para o e-commerce durante a Black Friday

Especialista responde quais são as medidas que o varejo na internet deve adotar para garantir as vendas durante a Black Friday

Crédito: Shutterstock

“A Black Friday é o Natal para o e-commerce”, afirma Alexandre Marquesi,  especialista em redes sociais e e-commerce e professor da ESPM.

Para este ano, o Ebit, empresa de informações sobre o varejo eletrônico no Brasil, estima que o crescimento nas vendas das lojas online na Black Friday seja de 15%, alcançando cerca de R$ 2,2 bilhões. Os produtos mais visados pelos consumidores são eletrônicos, eletrodomésticos, informática e aparelhos celulares.

Marchesi listou 8 estratégias para o e-commerce garantir as vendas durante a Black Friday. Veja quais são:

1 – Não é hora de mudar de endereço

Seja qual for a sua plataforma digital de vendas, não mude agora. “Se você vende muito pelo Instagram, por exemplo, e está pensando em mudar para um site, não faça isso agora”, afirma Marquesi. De acordo com ele, a troca neste momento pode custar todos os dados acumulados sobre o seu público, que está fidelizado a um canal específico e não vai migrar tão rápido.

2 – Colete dados sempre que possível

“Usar a pré-Black Friday para captar dados é uma ótima sacada. Além disso, na maioria das vezes, você consegue trazer o cliente para mais perto da sua marca”, destaca Alexandre. Entre as formas de se fazer isso está o chamado “Esquenta Black Friday”. “No começo de novembro, é possível oferecer alguns benefícios e facilidades de pagamento para quem ainda não é cliente. Assim, você o terá no banco de dados e poderá presenteá-lo com ofertas exclusivas no dia da Black Friday ”, diz Marquesi.

3 – Fidelize clientes

Um consumidor que é bem atendido volta ao seu comércio. Crie programas de relacionamento para o seu público, oferecendo descontos e facilidades. “E-mails com vale-desconto funcionam para isso”, diz o especialista.

4 – Explore a data ao máximo

O Head de Estratégia Digital da Always On, Ph.D em Marketing Digital e professor de pós-graduação da ESPM ainda dá dicas de três momentos essenciais para conquistar os clientes da Black Friday. “Nos dias que antecedem a data, ofereça benefícios e facilidades para estabelecer uma conexão com o consumidor. Na sexta, descontos agressivos devem saltar aos olhos dos compradores. E na ‘ressaca’, chamada de Cyber Monday por muitos sites, vá com tudo: descontos, benefícios e facilidades. Vale tudo para limpar o estoque.”

5 – Canais de atendimento

Seja para tirar dúvidas, seja para conferir o status do pedido, os clientes devem contar com algumas opções de contato. Chat no site, atendimento via Facebook, e-mail e telefone são apenas alguns deles. Dica extra: há pessoas que se sentem mais confortáveis em utilizar os meios digitais; outras, porém, preferem falar diretamente com um atendente.

6 – Produtos diferentes

Durante as datas pré Black Friday garanta que seus consumidores possam comprar produtos diferentes do ofertado no dia do Black Friday, evitando reclamações em órgãos com o Procon.

7 – Tecnologia

Se prepare para um crescimento exponencial de volume de acessos tanto no seu site como no call center e construa novas iniciativas em tecnologia para reduzir estes problemas no dia.

8 – Estoques

Aumente a sua expectativa de volume de estoque para o dia do Black Friday, afinal este dia é o natal do e-commerce e a não disponibilização de estoque neste dia comprometerá o seu faturamento.