Marisa aumenta vendas, mas segue com prejuízo no terceiro trimestre

Companhia conseguiu aumentar as vendas líquidas em mesmas lojas, mas não conseguiu manter o resultado final no azul. Veja a performance da empresa

cred: Divulgação

A Marisa encerrou o terceiro trimestre com prejuízo de R$ 50,5 milhões – um número maior do que os R$ 46,4 milhões verificados no mesmo período do ano passado. A piora, segundo a companhia, deve-se a decisão de suspender o provisionamento de créditos de Imposto de Renda e CSLL diferidos sobre o prejuízo fiscal no Demonstrativo de Resultado.

Apesar disso, a empresa conseguiu elevar em 17,8% as vendas líquidas. No conceito “mesmas lojas”, o crescimento foi de 16,9%.

“A Companhia entende que tal reversão, apesar de ainda não poder ser lida como tendência definitiva, é uma resposta positiva às diversas iniciativas que vêm sendo implementadas para recuperação do nosso top-line”, disse a companhia em relatório.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

“Destaca-se o fato de que o crescimento nas vendas, particularmente nos meses de agosto e setembro, ter sido derivado prioritariamente de maiores volumes, compostos por uma combinação equilibrada de crescimento de fluxo (número de tickets) e também maior conversão (peças por ticket)”, completou a empresa.

O aumento nas vendas também veio com o crescimento nos investimentos em marketing. “Maiores investimentos em marketing fazem parte da estratégia de consistência na comunicação com nossas clientes, implementada desde o segundo semestre de 2016”, disse a companhia.

Em relação ao terceiro trimestre de 2016, a Marisa encerrou o período com 10 lojas a menos – foram 388 contra 398 unidades.

Em transformação

Não é de hoje que a Marisa enfrenta grandes problemas com prejuízos. Para mudar o rumo das coisas, a companhia criou o Programa TransforMAR, iniciado em 2016, com objetivo de eliminar de forma estrutural importantes lacunas identificadas nos processos operacionais.

“A fase de implementação do Programa TransforMARv continua em ritmo avançado, já apresentando resultados relevantes em algumas de suas frentes. Além de ganhos adicionais na eficiência, medidas
importantes relacionadas a produto e operações de lojas vêm sendo implementadas em linha com o cronograma inicial do Programa e deverão apresentar resultados adicionais nos próximos períodos”, disse a empresa.