Google lança aplicativo para RH de pequenas e médias empresas

Novo aplicativo do Google ajuda empresas de até 1 mil funcionários a agilizar e estruturar processo de recrutamento. Veja como funciona

Crédito: Shutterstock

Além de buscador, rede social, ferramenta de marketing entre outros, a Google decidiu entrar de cabeça também no mercado de Recursos Humanos. A multinacional de tecnologia apresentou recentemente o aplicativo Hire, que ajuda pequenas e médias empresas a agilizarem o processo de contratação.

O diferencial do Hire é justamente a integração de plataformas Google, como o Gmail e o Google Calendar. Esses serviços, segundo o levantamento da empresa, são usados por mais de 3 milhões de companhias nos Estados Unidos, muitas vezes para o processo de recrutamento de novos funcionários.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

Facilidades

Para juntar customização e a facilidade da busca, ferramenta principal dos produtos Google, também é destaque do aplicativo. Com o aplicativo, por exemplo, é possível reunir em um só lugar todas as informações públicas do candidato, incluindo posts no Facebook e outras redes sociais, currículos no LinkedIN e sites semelhantes.

Empresas com dificuldades de organizar e customizar todas essas informações podem ainda solicitar uma equipe especializada em atendimento ao cliente para ajudar no processo de adaptação.

Pilotos

Companhias norte-americanas que já usam a solução afirmam que a usabilidade do aplicativo é o principal atrativo para usá-lo.

“O aplicativo Hire torna mais fácil para os recrutadores, gerentes de contratação ou mesmo entrevistadores participarem ativamente do processo de contratação”, disse ao Google, Jessica Adams, vice-presidente de Recursos Humanos da Brad’s Deals, uma empresa de comparação de preços online.

Por enquanto, a solução só está disponível para os norte-americanos com empresas de até 1 mil funcionários. O aplicativo sequer aparece nas lojas da Apple ou da Google impossibilitando o download e testes nos celulares dos brasileiros. O serviço é pago e tem assinatura de até 12 meses. O valor não é divulgado pela empresa.