50% das vendas mobile são via aplicativo

No segundo trimestre, aplicativos representaram metade das 1,4 bilhões de transações, diz Criteo

Os aplicativos representaram 50% das transações mobile no segundo trimestre deste ano, segundo pesquisa da Criteo, empresa de tecnologia. Ao todo, foram 1,4 bilhões de transações mobile, que movimentaram US$ 160 bilhões em vendas no período.

Segundo a empresa, no Brasil, os aplicativos representaram 13% das transações do comércio eletrônico no segundo trimestre. Considerando as principais varejistas online, a média sobe para 25% das compras feitas por meio de smartphones ou tablets.

Entre as categorias, uma em cada cinco transações das categorias de ?Home? e ?Saúde e Beleza? são feitas via mobile.

No varejo, segundo a Criteo, os comerciantes que optaram por oferecer a opção de aplicativo, tiveram uma taxa de conversão três vezes maior que o browser mobile. No setor de turismo, a taxa de conversão dos apps é quase duas vezes maior que a do browser mobile. 

Os consumidores visualizam três vezes mais produtos no aplicativo do que no browser mobile. No setor de varejo, o valor do pedido por transação no app, browser mobile e desktop é quase o mesmo.

?Os aplicativos geram resultados surpreendentes. Por isso, está na hora das empresas repensarem seus planos para dispositivos móveis e ficarem atentas ao cross device, pois a assertividade deve ser uma característica básica para os comerciantes online?, explicou, em nota, Fernando Tassinari, diretor-geral da Criteo no Brasil.

Leia mais 

Varejo e Internet das Coisas: como se preparar

(Infográfico) Novos tempos, novos hábitos

Desafios na era do Digital Business