Amazon tem baixa renovação entre seus maiores vendedores

Por: Raphael Coraccini 1.925 views

Pesquisa aponta que novos vendedores da Amazon sofrem para chegar entre os 10 mil maiores sellers do marketplace. Confira os números

Crédito: Shutterstock

Entre os 10 mil vendedores mais bem-sucedidos do marketplace da Amazon nos Estados Unidos, apenas 2,4% começaram a vender nos últimos 12 meses. Os outros 97,6% vendem há mais de um ano, segundo levantamento do portal Marketplace Pulse, com base em dados levantados pela Seller Ratings, especializada em análise do marketplace da gigante americana de vendas on-line.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

O número de sellers no marketplace da Amazon que registram vendas mensais é de 200 mil entre os quase 1 milhão. Na proporção, apenas um vende enquanto os outros quatro passam em branco.

Ainda de acordo com a pesquisa, não houve novos sellers entre os 100 maiores vendedores. Entre os mil primeiros, apenas 1% é de novos vendedores. Entre os 100 mil primeiros, o volume de novos sellers sobe para 21,4%.

180 mil novos sellers

Segundo a análise, surgirem 180 mil novos vendedores na Amazon americana nos dois primeiros meses de 2018, que pouco ou nada impactam no resultado dos maiores vendedores do site.

Entre todos os novos vendedores que se atrelaram ao marketplace no ano passado, apenas 15% receberam uma avaliação de feedback dos compradores.

Dois terços dos 10 mil vendedores que ocupam o topo da lista hoje também estavam entre os 10 mil maiores no ano passado. Além disso, há dois anos, 50% dos principais vendedores de hoje também estavam entre os 10 mil maiores.

Europa e Ásia

Em outros mercados, há uma rotatividade muito maior. Reino Unido, Japão e Alemanha somam uma mudança de 15% nos  vendedores que ocupam as primeiras 10 mil posições. França, Espanha e Itália chegam perto dos 30%.

Leia também:

Trump quer regular Amazon com desculpa de socorro ao pequeno varejo

 

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.