Como Bloomingdale’s, Macy’s e Walmart vão reduzir filas na loja física

Por: Raphael Coraccini 11.730 views

Tecnologias na loja física associadas a aplicativos e programas de fidelidade permitem aos varejistas reduzirem as filas em suas lojas e otimizar a experiência do consumidor. Os grandes do varejo americano correm na frente

Crédito: Shutterstock

A Amazon Go lançou a tendência das lojas sem caixa para pagamento e o varejo americano está correndo para acompanhar. O Walmart, por exemplo, escolheu as lojas da rede Sam’s Club, que pertence ao grupo, para testar sua tecnologia de pagamento via aplicativo nas lojas físicas sem a necessidade de se deslocar ao caixa.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora! 

Os clientes do Sam’s Club podem usar o aplicativo Scan & Go para digitalizar itens na loja e pagar por eles usando o smartphone, sem a necessidade de ir ao caixa. A novidade não fica limitada ao varejo alimentar, Macy’s e Bloomingale’s também estão desenvolvendo meios de receber o pagamento do consumidor sem colocá-lo em uma fila.

A Macy’s anunciou recentemente o lançamento de uma tecnologia para verificação de produtos e acionamento do pagamento via celular. A promessa é de que parte considerável da rede de lojas físicas receba a tecnologia até o final deste ano.

A Bloomingdale’s começa a operar seu sistema de pagamento sem caixas no bairro tradicional do Soho, em Nova York. Antes, a marca havia feito experiências relacionadas a digitalização de pagamentos em sua loja em Woodbridge, New Jersey.

“Pensamos no aplicativo da Macy’s como uma chave que entregamos aos nossos clientes, uma chave que lhes permite desbloquear uma experiência de compra aprimorada”, revelou Jeff Gennette, presidente e CEO da Macy’s, ao portal eMarketer.

Câmeras em vez de caixas

Tecnologias associadas a câmeras já garantem ao varejo a possibilidade de rastrear o movimento dos produtos dentro da loja, mas os experimentos nesse sentido ainda são escassos pelos custos envolvidos e qualidade da tecnologia disponível.

Com as câmeras, os consumidores podem entrar em uma loja, escolher e produto e ir embora sem avisar ninguém, nem mesmo acessar aplicativos via smartphones. Uma notificação no celular vai avisar que a compra foi confirmada e servirá como recibo de compra.

Segundo Jamie Iannone, CEO do site de comércio eletrônico do Sam’s Club, as filas são ainda um dos principais entraves para a construção de um experiência satisfatória nas lojas físicas. “(Os consumidores) estão andando com um computador no bolso, então deixe-os usar para concluir a transação”, exorta o executivo.

Leia também:

Amazon e os empreendedores que faturaram US$ 2 milhões em 2 dias 

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.