Franquias de alimentação se destacam e fecham 2017 em alta

Por: Leonardo Pinto 6.686 views

O segmento despontou no setor de franquias e a expectativa para 2018 é boa, acompanhando a melhora dos índices macroeconômicos

Shutterstock

Maior em faturamento e um dos mais consolidados do sistema de franquias, o segmento de alimentação apresentou crescimento de 6% em sua receita no ano passado, em relação a 2016. De acordo com levantamento da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o segmento expandiu 3,1% em número de unidades no período.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

Segundo o balanço anual realizado pela entidade, o setor de franquias cresceu 8% no ano passado, atingindo faturamento de R$ 163,3 bilhões. Com a melhora de vários indicadores macroeconômicos, como queda dos juros, a inflação abaixo da meta (queda nos custos dos alimentos) e a leve redução da taxa de desemprego, o consumo, aos poucos, se reaqueceu.

O reflexo dessa maior confiança no bolso do consumidor impactou positivamente as franquias em geral, sobretudo o segmento de alimentos.

Expectativa das franquias

Para 2018, as expectativas também são positivas, tanto para o setor de franquias quanto para o mercado de food service em geral, que deve acompanhar o reaquecimento da economia e crescer ainda mais.

O nicho de culinária asiática é expressivo, correspondendo a 6,8% de todo o segmento alimentício. Segundo a última avaliação da Pesquisa Setorial dea Food Service da ABF, em junho de 2017 o subsegmento de comida asiática cresceu 3,8% em faturamento.

Com mais de 25 anos de história, a tradicional rede de culinária asiática Jin Jin é um exemplo de sucesso nesse nicho de mercado. A marca, que opera predominantemente em shopping centers com 79 lojas, espera expandir suas unidades e ter alta de 15% em faturamento.

Leia também:
As 11 franquias brasileiras que fazem sucesso no exterior

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.