Apenas 14% das MPEs pretendem tomar crédito nos próximos meses

Por: Leonardo Pinto 2.322 views

Os números apresentam melhora, em comparação aos últimos meses, mas crédito atualmente é tabu para as micro e pequenas empresas (MPEs)

Os micro empresários apresentam relutância na hora de pensar na requisição de créditos nas instituições financeiras
Os MPEs apresentam relutância na hora de pensar na requisição de créditos nas instituições financeiras Crédito: Shutterstock

A procura por crédito por parte dos micro e pequenos empresários aumentou em janeiro, de acordo com o Indicador de Demanda por Crédito, divulgado pelo Serviço de Proteção ao Crédito e pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL). Mas, mesmo assim, apenas 14% das MPEs pretendem contratar os serviços das instituições financeiras. No final ano passado, os números já foram piores. Em novembro, só 7% estavam dispostas a adquirir crédito e, em dezembro, somente 11%.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora! 

Entre os que manifestam a intenção de contratar crédito, as principais finalidades são formar capital de giro (48%), ampliação do negócio (18%) e pagamento de dívidas (17%). A modalidade de crédito mais procurada pelos micro e pequenos empresários é o empréstimo, mencionado por 31% dos entrevistados. Em seguida aparecem os financiamentos (29%) e o cartão de crédito empresarial (15%).

Razões das MPEs

A rejeição pelo crédito, segundo os micro e pequenos empresários, tem dois grandes motivos apontados: optar por manter o negócio com recursos próprios (56%) e as altas taxas de juros (33%) das modalidades.

As MPEs costumam ter um perfil no qual há certa dificuldade de gerar caixa. Os empréstimos podem ser uma opção viável aos donos de pequenos negócios para continuar investindo. Segundo a pesquisa, quando a intenção de adquirir crédito diminui, a expansão da empresa pode ficar comprometida.

Leia também:
Micro e pequenas empresas brasileiras estão tímidas para investir

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.