Empresa de logística lança serviço que promete ajudar a expandir e-commerce

Por: Laura Navajas 3.283 views

Serviço lançado para o comércio eletrônico que atua com consumidor final pode ajudar varejistas online brasileiros a venderem no país

cred: Shutterstock

A economia brasileira pode até estar em um momento um pouco mais otimista, mas a recuperação pode não ser tão rápida quanto o comércio gostaria. Neste momento, a possibilidade de expandir os negócios para os países vizinhos, portanto, pode parecer uma ótima ideia.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

De olho neste mercado, a DHL eCommerce, divisão especializada em comércio eletrônico do DPDHL, lança nova ferramenta. A companhia anunciou o lançamento de sua operação de entregas domiciliares B2C no Chile, mercado que pode ser interessante para o varejista brasileiro.

Segundo dados levantados pela DHL, o setor de comércio eletrônico chileno deve dobrar de tamanho até 2020, quando sua movimentação financeira chegará a US$ 2,3 bilhões.

Potencial

“O comércio eletrônico tem um futuro brilhante em toda a América Latina, devendo atingir US$ 54 bilhões até 2020. No Chile, que apresenta o maior volume de compras on-line da região, a renda da população está aumentando, a conectividade digital vem melhorando e sete entre 10 consumidores já fazem compras on-line”, afirma Charles Brewer, CEO da DHL eCommerce.

Para ele, há muitas oportunidades no país e a nova ferramenta ajudaria as empresas a conseguirem atender bem a demanda. “A distribuição é o ponto mais fraco do comércio eletrônico e, junto com nossa equipe de especialistas no setor, queremos nos posicionar como um verdadeiro aliado estratégico de nossos clientes, satisfazendo suas necessidades logísticas de modo a permitir que eles se concentrem em seus negócios”, comenta o CEO.

Com atendimento em todo o Chile, a DHL eCommerce oferece entrega no dia seguinte em Santiago e em dois a três dias nas demais cidades chilenas. A companhia administrará, ainda, a entrega ponta a ponta de pacotes, da loja até o consumidor, disponibilizando também o recurso de rastreamento em tempo real.

O investimento da DHL eCommerce no Chile inclui uma central de operações e distribuição de 1.662 metros quadrados, com espaço para expansão.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.