A estratégia do Walmart para gerar impacto social

Por: Camila Mendonça 5.284 views

Durante o Retail's Big Show, em Nova York, executiva da gigante varejista diz o que a companhia faz para gerar impacto social no mundo. Inspire-se

cred: NRF (Reprodução)

Em uma das apresentações do Retail’s Big Show 2017, o maior evento de varejo do mundo, organizado pela NRF, a Chef Sustainability e presidente da Fundação Walmart, Kathleen McLaughlin, mostrou como a gigante do varejo global lida com um dos temas mais sensíveis para o varejo em qualquer lugar do mundo: os problemas sociais ao redor.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

Segundo a executiva, o conceito de equilibrar múltiplos interesses é o objetivo do negócio. “Hoje, as companhias líderes estão reconhecendo que negócios precisam fortalecer sistemas que são fundamentais”, disse durante apresentação. “Eu lhe ofereço uma simples afirmação: negócios existem para servir a sociedade”, completou.

A executiva conta que esse mindset da empresa não nasceu com ela. Foi em 2005, durante o furacão Katrina, um dos maiores desastres naturais que os Estados Unidos já viu, que aconteceu a grande virada. Assim como fizeram vários agentes do mercado, o Walmart se mobilizou para ajudar com água, combustível e papel higiênico milhares de pessoas impactadas pelo Katrina.

Nos primeiros dias do desastre, a empresa doou em torno de US$ 20 milhões, 1.500 caminhões de mercadorias, comida para 100 mil refeições e a promessa de criar um trabalho para cada uma das pessoas que perderam os seus durante o desastre.

“Isso teve um impacto profundo na liderança do Walmart, que se perguntava: ‘e se fossêmos essa companhia todo dia?’ e começamos a refletir sobre o ambiente e como ele pode criar um modelo mais sustentável de consumo”, contou a executiva.

A partir daí, a companhia criou algumas metas: como investir em energia renovável, zerar o desperdício e ter mais produtos sustentáveis em suas gôndolas.

Além disso, a companhia criou uma agenda para criar oportunidades econômicas, a começar pela própria força de vendas, que soma mais de 2,3 milhões de pessoas. A empresa aumentou o salário de entrada dos empregados que completarem um programa de treinamento introdutório.

A companhia aposta na educação dos funcionários, com ajuda para cursos online ou mesmo para cursos em Universidades. Além disso, o quadro interno da empresa é prioridade para promoções. “Nós podemos criar um negócio e um impacto social simultaneamente”, disse.

Como parte desse compromisso, o Walmart anunciou uma doação de US$ 2 milhões para a Fundação da NRF para programas de treinamento e desenvolvimento.

Histórias inspiradores e o “como fazer” do varejo brasileiro está na agenda do principal evento de varejo do País, o BR Week – Brazilian Retail Week, que, neste ano, tem como tema central “A hora da virada: o varejo na era da experiência”. O evento acontece em São Paulo, entre os dias 26 e 29 de junho, e as inscrições já estão abertas.

Com informações da NRF

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.